Conheça a história de Roberto Mussolini e o guincho hidráulico Anjo da Vida

Rodolfo Barboza: Olá, Roberto, tudo bem?

Gostaria de agradecer pelo seu tempo para nos conceder essa entrevista e também parabenizar pelo trabalho que vem fazendo, doando guinchos para famílias necessitadas e também para instituições de cunho social!

Bom, tenho várias perguntas sobre o “Anjo da Vida”, mas antes de mais nada, será que você poderia falar um pouco da pessoa por trás da fabricação do equipamento? De onde você é? Qual sua profissão e como começou a produzir o guincho?

Roberto Mussolini: Tenho 35 anos. Eu era tosador de cachorro. Comecei a trabalhar aos meus 13 anos em uma auto elétrica onde passei muitas dificuldades.
Depois fui cuidar de cachorro em uma clínica veterinária onde eu limpava os canis.

Com 17 anos fiz um curso de tosa em São José dos Campos, nesse período não tinha dinheiro para ir de ônibus e meus pais também não tinham, então tinha que ir de bicicleta até São José dos Campos e esse percurso era de 15 km.

Depois do curso abri junto com um veterinário aqui em Jacareí meu primeiro negócio e fiquei com ele alguns anos, onde fiz minha primeira faculdade: Biologia.
Depois sai dele e abri meu próprio banho e tosa e comecei a dar aula onde cheguei a coordenador da escola da família.

Nesse período fiz outra faculdade: Veterinária.

No último ano em uma viajem vi a dificuldade de uma amiga de Dracena para cuidar do avô que estava acamado, naquele dia pensei em comprar um aparelho para ajudar.
Voltando para casa comecei a pesquisar e encontrei muitos aparelhos a um preço muito fora do que podíamos pagar para presentear essa minha amiga.

Nessa decidi em fazer um aparelho a um custo acessível e acabei colocando no facebook um vídeo sobre esse aparelho! As pessoas começaram a me pedir para fazer para elas e então encontrei uma oportunidade de negócio!

Rodolfo Barboza: Legal! Que demais a sua história! Muito interessante como diversas outras pessoas enfrentam o mesmo problema. Os equipamentos para cuidados de pessoas com deficiência infelizmente são bem caros. Mas me diz como o guincho funciona? Qualquer pessoa pode utilizar?

Roberto Mussolini: Sim meu aparelho é muito fácil de usar, uma criança consegue levantar um adulto.
Tive um caso onde a mãe teve derrame e eram as filhas de 8, 9 e 10 anos que iriam cuidar da mãe. Eu mesmo fui até o local para ensiná-las a usar o guincho.

Rodolfo Barboza: Que bacana! Acessibilidade tem que ser mesmo para todos! Agora o derrame foi algo muito ruim…. Quais são outras doenças ou deficiências que geralmente afligem as pessoas que necessitam do guincho?

Roberto Mussolini: Os aparelhos que existem no mercado são elétricos e os preços variam de 5 a 7 mil reais. O Anjo da Vida é hidráulico e custa só 1.600 reais.
Todas as doenças que impossibilitam o paciente de sair do leito necessitando de um cuidador como: E.L.A. (Esclerose Lateral Amiotrófica), câncer em sistema nervoso, Distrofia Muscular de Duchene, AVE, entre outras.

Rodolfo Barboza: Eu vi em algumas fotos que o sistema é bem simples, você personaliza sob encomenda? Já precisou fazer alguma modificação?

Roberto Mussolini: Não há necessidade, nesses 2 anos o aparelho já sofreu diversas modificações que o tornaram melhor. Hoje o Anjo da Vida pode ser usado desde uma criança de 8 anos até um adulto de 150kg.

Rodolfo Barboza: Eu vi diversas fotos de entregas, é você mesmo quem faz? Por onde o guincho tem sido entregue, você tem pedidos de outros estados?

Roberto Mussolini: Alguns eu mesmo entrego e a maioria é entregue por transportadora. Sim, já despachei por todo o Brasil.

Rodolfo Barboza: Como foi essa trajetória da “grande ideia” para o produto final e o início das vendas? Quais obstáculos você superou no desenvolvimento do produto?

Roberto Mussolini: Na verdade superamos vários obstáculos todos os dias, mas nosso maior obstáculo e superar a legislação em busca dos certificados e autorização. Nesse meio caminho trabalhamos como podemos. O governo é o que mais atrapalha.

Rodolfo Barboza: Que bom que não deixou essas coisas o impedirem! Infelizmente as políticas públicas acabam atrasando o processo de tornar as coisas legais. Você chegou a procurar alguma empresa que encurtasse esse caminho? Consultoria ou assessoria de algum tipo?

Roberto Mussolini: Sim, já procurei e tenho trabalhado para juntar dinheiro para cobrir todos os encargos e estar preparado financeiramente para encarar essa nova fase. Existem muitos custos e já estão todos anotados e calculados.

Hoje para ter uma folga para começar precisaria de R$ 500.000,00.

Rodolfo Barboza: Eu imagino! Algo totalmente confuso para quem está fora desse meio entender, afinal, você tem o produto e tem a demanda. As coisas não deveriam ser tão difíceis!

Roberto Mussolini: Sim, mas se fosse fácil não teria graça também! O gostoso da vida é o desafio!

Rodolfo Barboza: hahahahaha verdade!

Roberto Mussolini: Existem hoje 5 milhões de pessoas acamadas no Brasil meu objetivo é ajudar 2% desse mercado.

Roberto Mussolini: Há muitas pessoas que ainda não sabem que existe um produto que possa facilitar a vida deles.

Rodolfo Barboza: E as pessoas que se interessaram pelo guincho, como entram em contato para fazer a compra?

Roberto Mussolini: Podem acessar meu facebook Roberto Mussolini dos Santos, minha página ANJO DA VIDA ou pelo WhatsApp 12 981385071. Estou à disposição para responder 18 horas por dia 7 dias na semana.

Rodolfo Barboza: Muito bom, Roberto! Agradeço pela entrevista e tenho certeza que as pessoas vão compartilhar! Ótimo produto!

Roberto Mussolini: Eu que agradeço!

Categorias: EntrevistaGeral

Rodolfo Barboza

Trabalho com qualidade de vida e longevidade desde 2015. Apaixonado por inovação e tecnologia, conheci a Olivas em 2016 durante um Lab60+ Café e hoje colaboro diretamente com o site e redes sociais.